Jucepar articula mais uma integração para o Empresa Fácil Paraná

11/10/2017

Responsável pela integração dos sistemas dos órgãos fiscalizadores e licenciadores das empresas no Paraná, a Junta Comercial do Paraná (Jucepar), em breve formalizará mais uma integração importante. O processo de registros empresariais de escritórios de advocacia, atualmente realizados pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), deverá acontecer através do Empresa Fácil Paraná, sistema da Jucepar. A integração já está em desenvolvimento e a expectativa é que comece a funcionar a partir de novembro.

Isso significa mais agilidade nos processos de constituição de escritórios de advogados associados, uma vez que além de precisar dar entrada com o pedido na OAB, os advogados precisam da autorização de outros órgãos competentes para iniciar as atividades dos escritórios. Com a integração no Empresa Fácil Paraná, os profissionais poderão ir apenas à OAB para constituir uma sociedade e as informações serão compartilhadas com prefeitura e órgãos de licenciamento através do sistema da Jucepar. Além disso, será possível obter o deferimento do CNPJ da sociedade de advogados e o Álvara Comercial Provisório pelo integrador.

“Já estamos na etapa de desenvolvimento do sistema para adequar essa integração e isso só reforçará o papel da Jucepar de ser a porta única de entrada para quem quer abrir, alterar ou fechar algum negócio no Estado”, acredita o presidente da Jucepar, Ardisson Akel.

O presidente lembra que os processos iniciados no Empresa Fácil Paraná podem ser acompanhados pela internet. “É uma economia de tempo e de recursos, já que o profissional não precisa mais percorrer uma 'via sacra' em vários departamentos. Muitas vezes com os mesmos documentos”, explica.

Além da integração da OAB, a Jucepar também trabalha para integrar os sistemas dos cartórios paranaenses de registro de pessoas jurídicas no sistema Empresa Fácil Paraná.

Balanço

Desde que foi criado, no final de 2014, o Empresa Fácil Paraná já ajudou a abrir mais de 100 mil empresas no Estado. Até o momento, 213 prefeituras e os sistemas da Secretaria da Fazenda, da Receita Federal, Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros e da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos já funcionam a partir do Empresa Fácil Paraná, administrado pela Junta Comercial.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Jucepar

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

Encontrou algum erro