Sistema da Receita Federal permanece instável

22/08/2016

As Juntas Comerciais, em todo o Brasil, atuam como integradores estaduais da Redesim, sincronizando os dados estaduais e municipais com o Integrador Nacional, administrado pela Receita Federal. A implantação tem fluído de forma positiva, graças ao esforço de todos os participantes e aos elevados investimentos feitos pelas Juntas Comerciais, que têm se empenhado em conjunto para que a integração seja eficiente, rápida e satisfatória para todas as partes. Para tanto, a Receita Federal e seu provedor de T.I., o Serpro, igualmente têm se empenhado em modernizar seus sistemas e serviços relacionados à Redesim e ao Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ).

Nesse sentido, implantou recentemente a fase 3 do sistema Integrador Nacional, porém encontrou dificuldades técnicas imprevistas, inclusive com ataques de robôs. A Receita Federal comunica que está tomando medidas emergenciais para reparar o problema no sistema “Coleta Web” e os demais serviços relacionados à Redesim que apresentam instabilidade desde segunda-feira, 15 de agosto.

A Associação Nacional das Juntas Comerciais (Anprej), esclarece que confia no esforço empreendido pela RF e pelo Serpro em solucionar a questão. As Juntas Comerciais expressam sua confiança no sentido de que em breve as dificuldades sejam por eles superadas para o pleno e harmônico funcionamento da Redesim.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

Encontrou algum erro