Jucepar implanta nova sistemática de registro empresarial

18/12/2013

Desde a última segunda-feira (16), a Junta Comercial do Paraná (Jucepar) está operando com um novo sistema para preenchimento da FCN/RE (Ficha de Cadastro Nacional / Requerimento de Empresário). Instalado para possibilitar a implantação do Projeto Integrar no Estado, o novo sistema gerará automaticamente, após o preenchimento de dados, os documentos necessários para a entrada de processos na Jucepar.

O novo sistema pode ser acessado no recém criado Portal de Serviços da Jucepar, que integra o cadastro de Viabilidade. Após o deferimento da Consulta de Viabilidade, as informações coletadas poderão ser reaproveitadas para o preenchimento da FCN/RE, evitando, assim, refazer o preenchimento das informações. Com ele, serão gerados automaticamente o Contrato Padrão, a Capa do Contrato, a Declaração de Enquadramento, a Capa da Declaração, o Checklist de documentos e a própria FCN/RE – todos necessários para dar entrada em processo na Junta.

Em abril deste ano, a Jucepar implantou a consulta de viabilidade e reserva de nome empresarial, que pode ser realizada pelo site do órgão. Já no último dia 16, foi lançada em Maringá a unidade piloto do Projeto Integrar, que tem o objetivo de diminuir a burocracia e o tempo levado para a abertura de um novo empreendimento. Com o convênio com a prefeitura do município, será possível realizar também a consulta ao endereço para instalação da empresa para a obtenção de alvará.

No início de dezembro, a Jucepar, em parceria com a Junta Comercial de Minas Gerais e o Departamento de Registro Empresarial e Integração (DREI), realizou uma série de treinamentos com contabilistas e agentes do comércio das principais cidades paranaenses para mostrar a nova sistemática, reunindo cerca de 1,2 mil pessoas.

A partir do dia 3 de fevereiro, a entrega dos documentos gerados a partir do FCN/RE serão obrigatórios. Mas você pode conhecer desde já o novo programa. Acesse o http://portaldeservicos.jucepar.pr.gov.br/Portal e confira as facilidades.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.

Encontrou algum erro