Paraná fecha 2013 com mais de 100 mil empresas abertas

Data 07/02/2014 | Assunto: Notícias

O Paraná fechou o ano com números positivos no que diz respeito à abertura de empresas. De acordo com a Junta Comercial do Paraná (Jucepar), foram abertas 52.436 empresas de natureza jurídica variada entre os meses de janeiro e dezembro, alta de 1,35% em relação ao mesmo período do ano anterior, que registrou 51.743 processos de abertura.
O Paraná fechou o ano com números positivos no que diz respeito à abertura de empresas. De acordo com a Junta Comercial do Paraná (Jucepar), foram abertas 52.436 empresas de natureza jurídica variada entre os meses de janeiro e dezembro, alta de 1,35% em relação ao mesmo período do ano anterior, que registrou 51.743 processos de abertura.

Somado-se a categoria de Micro Empreendedor Individual (MEI) – contabilizado pelo Portal do Empreendedor, que registrou 51.389 constituições individuais em 2013, 2% a mais que em 2012, o número de novas empresas paranaenses fundadas em 2013 sobe para 103.825, um crescimento de 1,67% em relação ao número de aberturas de empresas do ano anterior.

Segundo o presidente da Jucepar, Ardisson Naim Akel, o resultado positivo reflete os esforços do governo do Estado no estímulo à atividade econômica e ao empreendedorismo. Para suportar a crescente procura pelos seus serviços, a Junta Comercial investe na ampliação da rede de atendimento e tecnologia.

“Estamos ampliando nossa rede no interior do Paraná, que hoje chega a 61 municípios, para garantir mais agilidade nos processos de abertura, alteração e baixa de empresas. Além disso, estamos colocando em prática ações que agilizam diversos processos burocráticos, como a consulta de viabilidade e reserva de nome, que ajuda a diminuir o tempo de abertura da nova empresa”, ressalta.

Akel destaca que o site da Junta Comercial passou a disponibilizar uma série de facilidades aos futuros empreendedores. “Com os investimentos feitos em tecnologia, o site da Junta Comercial disponibiliza documentos como a Ficha de Cadastro Nacional (FCN) e o Requerimento de Empresário (RE), além do Contrato de Núcleo Padrão, que permite ao contabilista e ao empresário a simplificação e a padronização inicial de contratos. Em dezembro, demos início também à emissão de certidões via internet”, complementa.

Setores mais ativos

Entre os setores de maior atividade em 2013, a Junta Comercial constatou a liderança da construção civil, responsável pela abertura de mais de 9 mil empresas no Paraná, com destaque para o ramo de obras de alvenaria, com 5.261 empreendimentos. Ainda de acordo com os dados da Jucepar, os segmentos de beleza e alimentício também estão entre os setores mais ativos no Estado, com 7.840 e 5.899 instituições, respectivamente.




Está notícia foi publicada no Junta Comercial do Paraná http://www.juntacomercial.pr.gov.br

Endereço desta notícia:
http://www.juntacomercial.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=107