Governador autoriza construção de nova sede para a Junta Comercial do Paraná

Data 23/11/2011 | Assunto: Notícias

Governador autoriza construção de nova sede para a Junta Comercial do Paraná

 


 

fotoO governador Beto  Richa autorizou a abertura de licitação para construção da nova sede da Junta Comercial do Paraná (Jucepar). O investimento é estimado em R$ 19,5 milhões. O edital deve ser lançado nos próximos dias. A nova sede terá 11,9 mil metros quadrados e será construída na rua Marechal Hermes, próximo ao Museu Oscar Niemeyer, no Centro Cívico.

“Será um espaço preparado, com segurança e qualidade, para conservar a documentação das empresas, com acesso facilitado para pesquisas, espaço para os clientes e para os funcionários, auditório para treinamentos, plenário para os vogais e estacionamento”, explica o presidente da Junta Comercial, Ardisson Akel.

A nova edificação foi concebida para ter acessibilidade total e ser ecologicamente sustentável, com sistemas de aproveitamento de águas pluviais e películas protetoras para evitar o excesso de calor. “Hoje ocupamos um prédio que foi construído na década de 1950, para ser supermercado do Exército. Foi todo adaptado, mas tem problemas e é pequeno para nossas atividades”, diz Akel.

A construção da nova sede faz parte de um processo de reestruturação administrativa, que será analisado pelo Conselho de Administração e apresentado ao governador Beto Richa até o fim deste ano. O trabalho conta com o apoio de uma consultoria externa especializada em diagnóstico e planejamento e tem como objetivo profissionalizar o trabalho da Junta Comercial. Além de um plano de carreiras e cargos, o projeto prevê a contratação de profissionais especializados para áreas como informática, inteligência e segurança da informação, arquivamento e tratamento documental, entre outros, que hoje não existem no organograma.

Paralelamente, está sendo feito um grande investimento na área de informática, para incluir a Junta Comercial do Paraná na nova plataforma de registro on-line em implantação pelo Departamento Nacional de Registro do Comércio — organismo que coordena os serviços das juntas comerciais de todo o País.

“A Jucepar participa de um projeto piloto de análise e validação do processo do SiarcoWeb, que permitirá integrar bases de dados das juntas comerciais com prefeituras, governos estaduais e federal, facilitando a abertura de empresas”, afirma Akel. “É um sonho que estamos perseguindo e esperamos que a nova plataforma entre em operação em 2012. A participação da Junta no processo é fundamental, porque aqui as empresas começam a existir”, diz ele.

Com a nova plataforma estarão integrados em uma única rede informações como o NIRE (Número de Identificação no Registro de Empresas), inscrições estaduais, os alvarás e o CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica).

A Junta Comercial do Paraná também espera concluir até 20 de dezembro um mutirão de digitalização de contratos societários. Um grupo de 70 pessoas está envolvido na tarefa, trabalhando em dois turnos. O objetivo é que a partir do próximo ano não ocorram mais atrasos de digitalização de documentos.

INTERIORIZAÇÃO — O governador Beto Richa também autorizou a abertura de novos escritórios da Junta Comercial em municípios do interior do Estado. A ampliação da rede de escritórios visa facilitar a atividade empresarial e estimular o crescimento econômico e a geração de emprego e renda no Paraná.

Em 2011 foram abertos cinco novos escritórios, em Capanema, Santo Antonio do Sudoeste, Palotina, Santa Helena e Pinhais. Para os próximos meses estão previstos escritórios em Telêmaco Borba, Jacarezinho, Cambé, Ubiratã e Pitanga, entre outros que estão em análise.

Para esse processo de expansão das atividades, a Jucepar conta com a parceria de prefeituras, federações e associações comerciais e sindicatos. Hoje a Jucepar está presente em 45 cidades e deve chegar a 50 em breve.



 






Está notícia foi publicada no Junta Comercial do Paraná http://www.juntacomercial.pr.gov.br

Endereço desta notícia:
http://www.juntacomercial.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=29