Junta Comercial do Paraná seleciona imóvel para abrigar nova sede

Data 07/06/2013 | Assunto: Notícias

A Junta Comercial do Paraná acelera o seu processo de reestruturação com a publicação de chamada de proposta para adquirir um imóvel em Curitiba. O documento, publicado nesta sexta-feira (7) no Diário Oficial do Estado busca selecionar imóveis prontos para sediar adequadamente o órgão.
A Junta Comercial do Paraná  acelera o seu processo de reestruturação com a publicação de chamada de proposta para adquirir um imóvel em Curitiba. O documento, publicado nesta sexta-feira (7) no Diário Oficial do Estado busca selecionar imóveis prontos para sediar adequadamente o órgão. Hoje, a Jucepar está localizada em um prédio construído na década de 50 para ser supermercado do Exército e que foi adaptado ao longo dos anos. O espaço ficou insuficiente e dificulta a modernização da estrutura atual.

De acordo com o presidente da Jucepar, Ardisson Akel, a nova sede é fundamental para a implantação e gerenciamento da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), sistema que vai permitir mais velocidade e menos burocracia na abertura de empresas, com a integração de diversos órgãos de registro como as Receitas Estadual e Federal e prefeituras.

“A maior eficiência dos processos de registro de empresas é um dos compromissos do Governo Beto Richa e faz parte do programa Paraná Competitivo, que busca criar as melhores condições para investimentos ao Estado”, afirma Akel. Em pouco mais de dois anos, o programa já atraiu mais de R$ 20 bilhões em novos investimentos, que vão criar 136 mil empregos com carteira assinada.

MODERNIZAÇÃO - Entre as características do imóvel pretendido pela Junta estão área de, no mínimo, 5 mil metros quadrados e localização no entorno do Centro Cívico. As propostas serão avaliadas por uma comissão composta por membros do Conselho de Administração da Jucepar e os recursos para a aquisição do imóvel são da própria Junta Comercial do Paraná.

O investimento faz parte de um processo de modernização e regionalização dos serviços da Junta. Em parceria com prefeituras, associações comerciais e sindicatos, novos escritórios estão sendo abertos no interior do Estado.

Desde 2011, 16 novos escritórios regionais foram abertos no interior e há a programação para a abertura, em breve, de mais três em Nova Esperança, Jandaia do Sul e Jaguariaíva. “As novas estruturas regionais facilitam as atividades empresariais, estimulam a formalização de novos negócios e a criação de empregos. Já temos novas solicitações que estão sendo analisadas”, explica Akel.

O presidente da Junta acrescenta que estão sendo feitos investimentos em tecnologia, tanto em hardware como em software, para aumentar a velocidade, a eficiência e a segurança dos processos de abertura, transformações e baixas de empresas. “Estamos trabalhando para atender cada vez melhor os empresários, contabilistas, advogados e outros profissionais que atuam para o desenvolvimento paranaense”.

Chamada Pública 01/2013 ► Clique aqui







Está notícia foi publicada no Junta Comercial do Paraná http://www.juntacomercial.pr.gov.br

Endereço desta notícia:
http://www.juntacomercial.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=64