JUCEPAR: 130 anos de serviços prestados para o desenvolvimento do Paraná
30/06/2022 - 15:12

A Junta Comercial do Paraná faz 130 anos. A instituição foi criada em 1892 pela Lei estadual n° 32, de 2 de julho daquele ano. “A Junta Comercial é umas das entidades mais importantes na estrutura do Estado, pois a grande maioria das empresas que se instalam no Paraná tem seus atos registrados aqui. É ali que as empresas ganham vida e adquirem personalidade jurídica.  A Junta Comercial tem um papel fundamental na economia do Estado”, destaca o presidente da Jucepar, Marcos Rigoni.

Desde 1892 muitas memórias cercam a história da autarquia. Algumas delas foram contadas nas últimas semanas em postagens publicadas nas redes sociais. Entre elas estão a criação da Junta, citação de alguns dos personagens desse momento; também foram abordadas as diferentes atribuições que a Junta já teve, locais que já ocupou, tudo com imagens antigas ou atuais. Tem, inclusive, dica do livro “A última viagem do Barão do Serro Azul” e do filme “O preço da paz”, para poder conhecer mais os personagens dessa história.

O presidente da Jucepar, Marcos Rigoni, lembra que ainda há muito progresso pela frente, mas a evolução já existente é inegável, não só na atual gestão, mas em toda a história da Junta Comercial. Desde que assumiu o posto de presidente da instituição, ele destaca que o principal avanço foi a desburocratização dos trâmites.

“Quando assumimos a Junta Comercial, em 2019, ocupávamos o 27º lugar no Ranking Nacional divulgado pela Rede Nacional de Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), da Receita Federal. A missão da diretoria era mudar essa colocação e levar a Junta para um lugar de destaque a nível Brasil. Para isso criei o Projeto Junta 100% Digital e, juntamente com o meu vice-presidente Sebastião Motta e com toda nossa equipe, colocamos a Jucepar como referência no registro de empresas no Brasil”, comemora.

Atualmente, a Jucepar é uma das instituições mais rápidas do País na abertura de empresas e a terceira com maior volume de pedidos de abertura de novos empreendimentos. Está sempre na busca por procedimentos mais modernos e ágeis para sua eficiência e desburocratização.

Em 2007, a Junta recebeu a importante missão de ser gestora do sistema integrador da Redesim. Hoje, a Jucepar é a porta de entrada para a regularização das empresas no Estado e na União. Através do sistema integrador, os dados inseridos pelo usuário no início da consulta são transmitidos aos demais órgãos interessados – Receita Federal, prefeituras, Bombeiros, VISA, Secretaria da Fazenda – após a autenticação no órgão de registro, isso unifica e padroniza os cadastros de empresas. No Paraná, o nome adotado para o portal destinado aos processos de abertura, alteração e baixa de empresas é Empresa Fácil.

Além disso, a Junta também assegura o exercício normal da atividade dos agentes auxiliares do comércio como os leiloeiros, tradutores públicos, trapicheiros e administradores de armazéns gerais.